A forte chuva que atingiu Uberaba na tarde do último sábado (1º) também causou estragos no Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi. Uma força-tarefa com funcionários de várias escolas é realizada nesta segunda-feira (3) para limpar a escola, que encheu de lama.

Com a força da chuva, o muro do conservatório que faz divisa com a Alameda das Acácias cedeu. A água alcançou cerca de 1,5 m de altura, atingindo principalmente a secretaria, que fica na entrada da instituição. Documentos, máquinas e alguns instrumentos musicais também ficaram danificados.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG) informou que a Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Uberaba, responsável pela coordenação do Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi, está tomando todas as medidas necessárias para a recuperação da infraestrutura da unidade escolar.

A pasta também informou que engenheiros da SRE de Uberaba estiveram no conservatório para analisar a situação. A previsão é de que a reconstrução do muro danificado comece ainda nesta semana.

A Prefeitura afirmou à produção do MG1 que o secretário municipal de Serviços Urbanos e Obras, Antônio Oliveira, e o secretário municipal de Planejamento, Nagib Facury, estiveram na Alameda das Acácias e definiram que uma nova rede de drenagem será feita no local.

O Município ressaltou que, apesar das fortes chuvas, ficou constatado também que, no local, o descarte de entulho é uma ação recorrente, causando a obstrução de todas as captações das águas pluviais.

Diversos pontos de alagamento foram registrados em Uberaba durante a forte chuva que atingiu a cidade na tarde do último sábado. Segundo a climatologista Wanda Prata, entre 15h35 e 16h50, choveu cerca de 75 milímetros, com ventos que chegaram a 50 km/h.

Os pontos mais críticos flagrados pela reportagem da TV Integração foram as avenidas Fidélis Reis e Odilon Fernandes, no Bairro Estados Unidos; avenidas Guilherme Ferreira e Leopoldino de Oliveira, no Centro; e Avenida Prudente de Morais, no Bairro Abadia. Na Rua Doutor Jesuíno Felicíssimo, a força da água derrubou uma motocicleta.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender três ocorrências de pessoas ilhadas: uma na Avenida Deputado José Marcus Cherém, na altura do Bairro Vila São Cristóvão, onde foram retiradas três pessoas de um carro; uma no cruzamento da Avenida Leopoldino de Oliveira com a Avenida Guilherme Ferreira, onde havia uma pessoa ilhada; e uma ocorrência no canteiro central da Leopoldino de Oliveira, onde havia uma pessoa ilhada.

Os bombeiros também fizeram dois atendimentos no Bairro de Lourdes de alagamento em residência. Nos dois casos, os moradores foram retirados dos imóveis e a Defesa Civil foi chamada para avaliar o risco das propriedades atingidas.

De acordo com a corporação, a força do vento e da chuva destelhou parte de uma casa no Bairro Residencial 2000. Também foram registradas quedas de árvores em alguns locais.

A primeira semana de fevereiro terá chuva e tempo nublado durante todos os dias no Triângulo Mineiro e no Alto Paranaíba. “A frente fria que chega hoje em Minas Gerais deverá deixar o tempo nublado com chuvas durante toda a semana”, explicou o climatologista Ruibran dos Reis.

Conforme dados da estação do Climatempo, nesta semana as temperaturas variam entre 19°C e 30°C. Já a umidade relativa do ar fica em torno dos 85% pela manhã e baixa para 45% no decorrer do dia.

AlertaUm aviso de perigo potencial de tempestade foi publicado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para várias cidades da região, como Araguari, Frutal, Monte Alegre de Minas, Santa Vitória, Patrocínio, Uberaba e Uberlândia (veja aqui a lista completa)

Primeira semana de fevereiro terá chuva e tempo nublado durante todos os dias no Triângulo Mineiro e no Alto Paranaíba — Foto: Reprodução/TV Integração

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

entre para o Desafio 19 dias