Coringa: Condenado por pedofilia não receberá pagamento por música usada no filme

Uma das últimas polêmicas sobre Coringa, filme sobre o vilão de Batman estrelado por Joaquin Phoenix, foi o uso de uma música de Gary Glitter, condenado por pedofilia. Após a estreia do longa, a presença da música Rock and Roll Part 2 em uma das cenas do filme levantou questionamentos sobre o possível pagamento de direitos autorais ao autor da música.

Após os rumores, a gravadora Snapper Music, que detém os direitos da faixa, informou que ele não receberá pagamento pelo uso da música no filme. “Gary Glitter não será pago. Nós não tivemos nenhum contato com ele”, informou um representante ao Los Angeles Times.

AnaMaria | Aventuras na História | CARAS | Contigo | Exitoína | Máxima | Sportbuzz | Recreio | Sou+Eu | VivaMais

Copyright Grupo Perfil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Perfil.com Ltda.

Leia também  Claudia Leitte bisa a parceria com Mano Walter em single com a música inédita 'Matutinha'