Esse mundo gospel não tem jeito. Em um vídeo curto em sua conta pessoal do Instagram, uma ex-pastora da Igreja Mundial do Poder de Deus, apareceu sensualizando. Juliana Di Paola, que antes era Juliana Marques, já foi casada com o bispo Juliano Marques. Ela publicou um vídeo dançando uma música secular. Com trajes irreverentes, ela rebola ao lado de uma árvore de Natal, ao som de Madonna.

A música escolhida pela ex-pastora, não podia ser mais apropriada. A cantora Madonna é polêmica, tal qual a dançarina inusitada. A religiosa que já fez parte da denominação Igreja Mundial do Poder de Deus, após se separar do marido, decidiu mudar o estilo de vida. Porém, ela vive um drama pessoal, que muitas pessoas não imaginam, ao visualizar o vídeo

Raquel é filha de Valdemiro Santiago, o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus. Do relacionamento do bispo Juliano Marques e Juliana Marques, nasceu uma criança.

Após um desentendimento entre o casal Juliano e Juliana, o bispo abandonou a jovem e levou a criança do casal. Desde então a ex-pastora não tinha notícias do filho levado pelo pai.

Ela chegou a fazer um Boletim de Ocorrência contra o religioso. Também não há notícias dele, pois Juliano saiu das redes sociais, logo após deixar a filha do líder Igreja Mundial do Poder de Deus.

Depois de todas essas questões envolvendo brigas conjugais e um suposto sequestro de um filho, Juliana não fala sobre o assunto. Ela chegou inclusive trocar o nome de Juliana Marques para Juliana Di Paola nas redes sociais.

O vídeo dançando Madonna não faz referência nenhuma aos problemas que a ex-pastora está passando. O ex-bispo da Igreja Mundial não dá notícias. A música a qual sensualiza pode ser uma forma de disfarçar todos os problemas. 

Comentários