A sanfona e o zabumba estão liberados no São João de Campina Grande, na Paraíba. A liminar proibia a execução de músicas durante a festa, resultado de uma ação movida pelo Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), foi derrubada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba.

A decisão foi proferida na tarde desta terça (5) pela desembargadora Maria das Graças Morais Guedes. Em decisão monocrática, ela acatou um agravo de instrumento apresentado pela Procuradoria do município e liberou a execução das músicas até que o caso seja julgado no mérito.

A ação foi movida contra a Prefeitura de Campina Grande e a empresa Aliança Comunicação e Cultura Ltda, responsável pela organização da festa. O Ecad cobra o pagamento de R$ 598 mil, equivalente a 10% do valor do contrato entre a prefeitura e a empresa para organização das festas em 2017 e 2018.

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

entre para o Desafio 19 dias