Um jovem de 19 anos suspeito de matar um homem durante uma briga por música após a Exposição Agropecuária de Pires do Rio se apresentou à Polícia Civil na segunda-feira (18). Ele prestou depoimento e, como não havia ainda mandado de prisão contra ele, foi solto em seguida para responder ao processo em liberdade. O delegado não atendeu as ligações para comentar o caso.

José Yuri de Oliveira Caetano Santos foi morto na madrugada de domingo (17). Após o fim da pecuária, algumas pessoas permaneceram no local, que é uma área pública, com som automotivo. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito trocou a música que estava tocando.

“As outras pessoas que estavam lá não gostaram e começaram a vaia-lo. Ele, então, jogou um copo de cerveja para o alto e a vítima foi cobrar satisfações. O autor, então saiu, pegou uma arma, voltou e atirou contra ele na cabeça”, disse o major da PM, Sandro Mendonça.

O G1 tenta contato por telefone desde as 13h30 com o delegado Igor Carvalho Carneiro, responsável pela investigação, mas as ligações não foram atendidas até a publicação dessa reportagem para que ele pudesse dar detalhes do depoimento do suspeito.

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

entre para o Desafio 19 dias