Quando Anitta subir ao Palco Mundo, hoje às 18h , a cantora vai dividir parte dos holofotes com Makayla Sabino
, bailarina transexual de 19 anos, que passou a integrar a trupe de 18 dançarinos da diva pop.

Anitta conheceu Makayla por intermédio de sua coreógrafa, Arielle Macedo. Makayla, que lutou na Justiça para ser reconhecida como mulher, comemora o fato de apresentada desta forma no balé de Anitta

“É a realização de um sonho pessoal e também pelo fato de representar a minha cultura e as pessoas que são como eu, LGBTs, mulheres trans que moram nas favelas e nas periferias, as minorias”, diz Makayla. “É muito importante dar visibilidade ao corpo trans, como mulher, e não estar sendo estereotipada como um gay afeminado, o que acontece muito por aí”, fala.

Anitta, que já contou com uma bailarina plus size em sua equipe, diz que a presença de Makayla no palco Ajuda a dar mais visibilidade à luta de “gente que precisa de potência na voz para se fazer ouvir na conquista de respeito, de direitos”.

Moradora do Complexo do Alemão, Makayla reconhece a ação da cantora: “Anitta é um símbolo do empoderamento feminino e usa a sua força para ampliar a voz da diversidade brasileira”.