COOP aposta no atacarejo e inaugura projeto piloto em São José dos Campos

COOP aposta no atacarejo e inaugura projeto piloto em São José dos Campos

Sem pretensão de deixar de lado a sua história de sucesso de 68 anos no segmento de varejo alimentar, a Coop inaugurou nesta manhã de quinta-feira (21 de julho) uma unidade piloto de atacarejo na cidade de São José dos Campos.  Com a bandeira Meu Atacarejo, a loja está instalada na estrutura de 3,7 mil m², antes ocupada pela unidade do supermercado, localizada na Avenida Rui Barbosa, 837 – Bairro Santana.

O projeto vem com a cor violeta destacada em sua identidade visual e conta com 111 colaboradores, a maioria realocada da operação anterior, segundo detalha Ricardo Miranda, gerente de Projetos Especiais, que está no comando da implementação do novo formato. O Meu Atacarejo chega na região com o desafio de apresentar um novo conceito de compras aos cooperados e clientes e seu grande diferencial estará nos setores de hortifrúti (frutas, legumes e verduras), bebidas e mercearia.

“Como hoje em dia faz parte da jornada do consumidor frequentar vários modelos de abastecimento, decidimos experimentar o de atacarejo. O cliente é o centro de nossas atenções e a gente quer estar onde ele está, porém, precisamos conhecer nossa capacidade de operar nesse segmento, algo que vamos conferir com o piloto”, explica o diretor geral, Pedro Mattos.

Segundo ele, o sucesso não é querer fazer tudo no mesmo modelo, mas explorar formatos diferentes, enxergar as forças e as fraquezas e nos aparelhar para sermos fortes quando batermos o martelo para seguirmos em frente. Taí o negócio Drogaria em franca expansão para confirmar. “Começamos com 2 unidades e hoje temos 81 em 24 cidades paulistas”, exemplifica o diretor geral.

A Coop escolheu a cidade de São José dos Campos não por acaso. “Foi refletida e amparada por estudos que sinalizaram a cidade como a melhor das opções em capacidade física e mercadológica e o Meu Atacarejo vem para agregar e chega com diferenciais importantes em relação aos demais formatos do gênero estabelecidos na cidade”, destaca Ricardo Miranda.

A proposta é entregar um autosserviço organizado, com precificação assertiva, cartazeamento inteligente, sem contar o atendimento humanizado, já característico da Coop. Para completar, os clientes também poderão contar com a drogaria Coop, que mantém a sua identidade visual na cor verde, e quem for cooperado terá seus direitos e benefícios assegurados, como o retorno das sobras e o auxílio-funeral.

Confira a publicação original

Facebook Comments