Atleta mais caro da história do futebol mundial, com uma transferência de 222 milhões de euros (R$ 1 bilhão) do Barcelona para o Paris Saint-Germain em 2017, Neymar é mais do que um jogador. O camisa 10 da Seleção Brasileira também é uma celebridade –e não esconde isso. Além de compartilhar encontros com famosos em suas redes sociais, ele estrela o Neymar Jr. Week, reality em que exibe sua rotina de treinos e ostenta parte do luxo com o qual convive.

O programa com o dia a dia do jogador está disponível no serviço de streaming Otro, uma espécie de Netflix com todo o conteúdo voltado para documentários, entrevistas e realities com atletas de futebol. Além de Neymar, a plataforma tem materiais com David Luiz, David Beckham, Lionel Messi e Gabriel Jesus.

No Brasil, a mensalidade do Otro custa R$ 9,90. No resto do mundo, a assinatura sai por US$ 3,99 (R$ 16,10). A proposta é que o streaming ofereça produtos exclusivos para assinantes, mas também há conteúdos abertos. O próprio reality de Neymar tem alguns capítulos completos disponíveis no canal pessoal do atleta no YouTube.

Quando não está treinando em sua academia particular ou no próprio PSG, o craque aparece cercado de parças, seguranças e assessores. Todos os deslocamentos de Neymar são feitos com motorista particular. O lado chato é o que existe na vida de todo jogador de futebol, com rotina de treinos e recuperação de lesões.

O primeiro episódio do reality foi ao ar em agosto, com um vídeo de menos de quatro minutos, em que o ex-Santos aparece jogando pelo PSG e também treinando com os companheiros de time em Paris. Entre um treino e outro, o atleta exibe a sua vida de celebridade.

O encontro com o astro Will Smith, por exemplo, foi todo documentado e exibido pelo Otro. O ator de Hollywood e o camisa 10 da seleção se viram no início de maio e viraram notícia pelo mundo. Mas o encontro não passou de uma divulgação do streaming. Neymar, inclusive, compartilhou a foto com Smith no Instagram e marcou a página da plataforma na rede social.

No Otro, Neymar também já teve encontros com os astros da NBA LeBron James, Stephen Curry e Jimmy Butler, além dos ex-jogadores de futebol Ronaldo Fenômeno e David Beckham.

A agenda do ex de Bruna Marquezine também é cheia de compromissos comerciais. Durante os episódios de seu reality, ele participa de gravações com patrocinadores, usa o celular para fazer Stories impulsionados (e patrocinados) no Instagram e aproveita também para visitar lojas parceiras e fazer compras com os parças.

No capítulo 32 do Neymar Jr. Week, por exemplo, ele visita uma loja da Replay em Milão e aparece enchendo as sacolas com roupas e calçados da empresa que o patrocina. Nessa época, em março, o jogador estava em fase final da recuperação de uma fratura no quinto metatarso do pé direito, que aconteceu em janeiro.

Neymar é patrocinado por pelo menos 11 marcas, conforme consta em seu site: Nike, Gillette, Red Bull, Mastercard, Gaga Milano (relógios), Beats By Dre (eletrônicos), Replay (roupas), TCL (eletrônicos), EA Sports (games), QNB Group (banco) e DAZN (streaming).

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Follow @DanielKastro!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0],p=/^http:/.test(d.location)?’http’:’https’;if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=p+’://platform.twitter.com/widgets.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document, ‘script’, ‘twitter-wjs’);