Nesta semana, Mia Khalifa celebrou a marca de mais de um milhão de assinaturas na sua petição online para que seus vídeos adultos fossem removidos da internet, já que não atua na indústria pornô há seis anos.

Na noite desta quinta-feira, Mia Khalifa anunciou em seu Facebook a venda de um pack com fotos sensuais e exclusivas em uma plataforma – o que causou muita revolta no Twitter.

Mia Khalifa está mais na indústria pornô há seis anos. A agora influencer e comentarista esportiva já disse que ela e sua equipe já fizeram ofertas aos proprietários dos sites para a remoção dos vídeos, mas não teve sucesso.

Comentários