“É de enojar”

Eduardo Bolsonaro, em sua live na noite deste sábado, disse ter ficado “surpreso” e “enojado” com o áudio da reunião de quarta-feira com deputados do PSL.

“Eles [os deputados] ganham em torno de 33 mil reais por mês. O que mais essas pessoas querem? Essas pessoas que agora falam que foram tratadas como cachorros, essas pessoas que falam que o presidente não as atende em nada. Por que elas estão se irritando com o presidente Jair Bolsonaro? Por que agora apoiam Delegado Waldir?”, questionou.

“Eles tentam criar a narrativa de que Bolsonaro é o Lula de sinal trocado. Bolsonaro não rouba milhões nem nada. O PT roubava para ficar no poder. Estamos há um ano sem esses escândalos. Eles ignoram tudo isso para criar essa narrativa. Se você defender o Bolsonaro o tempo inteiro, você é um petista de sinal invertido. Não é agora que ele vai virar a chave. A Joice [Hasselmann] segue na mesma linha. Coloca em xeque o presidente. Dá nojo, dá asco. O partido delas são elas próprias. É de enojar.”

Leia também  Grammy 2020 divulga indicados; veja lista e ouça as músicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *