O Flamengo empatou em 0 a 0 com o Fortaleza, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado no Castelão impede que o time rubro-negro se aproxime de líder São Paulo e ainda por cima faz com que o Atlético-MG assuma o segundo lugar na tabela de classificação. Um jogo que ficou marcado pelo pênalti bizarro desperdiçado por Pedro, ainda no primeiro tempo da partida.

Pênalti perdido

Pedro é o artilheiro do Flamengo na temporada e merece a titularidade na disputa que trava com Gabigol para ver quem será o companheiro de Bruno Henrique. O lance em que sofreu a penalidade na partida contra o Fortaleza é daqueles que Gabigol não faria tão bem: acionado sob marcação, Pedro conseguiu dominar no peito e fazer o giro na direção do gol de Felipe Alves. Entretanto, na hora da cobrança, escorregou, deu dois toques na bola e desperdiçou a batida. Já Gabigol tem sido um exímio cobrador de penalidades para o time rubro-negro.

Falta de intensidade para o primeiro combate

O Flamengo de Jorge Jesus se cansou de enfrentar retrancas como a do Fortaleza no Castelão. Uma saída para conseguir pegar o esquema defensivo adversário desarmado era caprichar no primeiro combate, quando o rival retomava a bola e distribuía seus jogadores para a transição ofensiva. Neste sabado, o time não teve ímpeto na marcação no ataque e com isso o Fortaleza teve condição de levar a bola até o meio de campo antes de perder a jogada.

Everton Ribeiro apagado

Não é de hoje que Everton Ribeiro apresenta uma queda de rendimento em relação às atuações em setembro e outubro. O jogador parece fisicamente abaixo do ideal e com isso não tem conseguido ser decisivo com passes que quebrem a linha defensiva adversária ou com jogadas individuais. Contra o Fortaleza, errou passes e não conseguiu ser produtivo na parceria com Isla pela direita.

Leia também  Mortes por Covid-19 podem mais do que dobrar no segundo semestre no Brasil devido à vacinação lenta

Sem inspiração coletiva

O Flamengo teve o desfalque de três titulares: o goleiro Diego Alves, o lateral-esquerdo Filipe Luis e o atacante Gabigol. Nomes de peso, mas que ainda assim não justifica tantas dificuldades do atual campeão brasileiro para jogar melhor que o adversário. De acordo com o site Transfermarkt, o jogo de ontem foi o duelo entre o time com o elenco mais valioso do Brasileirão e o de grupo de menor valor de mercado. Mesmo assim, deu empate pobre no fim.

Felipe Alves salva

Na melhor chance de gol criada pelo Flamengo, ocorrida só no segundo tempo, o goleiro Felipe Alves fez defesa de reflexo em uma finalização de Pedro na grande área. Fora isso, o Flamengo viveu basicamente de uma finalização de Bruno Henrique desviou na defesa e do pênalti desperdiçado por Pedro.

close

🤞 Não perca nada!

Assine nossa newsletter e receba novidades e ofertas exclusivas!

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

entre para o Desafio 19 dias