Fluminense e Palmeiras entram em campo amanhã (12), às 21h30 (de Brasília), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O jogo que ocorre no Maracanã marca a estreia do Verdão na competição. Os paulistas não entraram em campo no fim de semana por causa da decisão do Estadual. O Tricolor faz a sua segunda partida no torneio.

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez (Vitor Hugo) e Viña; Patrick de Paula, Gabriel Menino, Ramires (Bruno Henrique) e Zé Rafael (Rony); Willian e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Palmeiras: Weverton, poupado, Felipe Melo, tratando lesão na coxa esquerda, Luan Silva, em transição entre a parte física e técnica, e Gabriel Veron, também em transição

O Palmeiras não entrou em campo na primeira rodada do Brasileirão — o jogo seria contra o Vasco — por causa da final do Campeonato Paulista. O time empatou por 1 a 1 com o Corinthians no jogo decisivo, mas venceu por 4 a 3 nos pênaltis e foi campeão estadual.

Patrocinadora e uma das figuras mais influentes no Conselho Deliberativo do Palmeiras, Leila Pereira participou com Vanderlei Luxemburgo de uma live organizada pela empresa que presta assessoria de comunicação aos dois. Durante a conversa, a presidente da Crefisa e Faculdade das Américas se declarou ao clube e lembrou dos momentos de sufoco pouco antes de iniciar a parceria, no início de 2015.

O Palmeiras terá uma escalação diferente no jogo de amanhã (12), contra o Fluminense, em sua estreia do Campeonato Brasileiro. Em uma live feita com Leila Pereira, o técnico Vanderlei Luxemburgo anunciou que Weverton não viajou ao Rio de Janeiro (RJ) e dará lugar a Jailson. Felipe Melo, tratando uma lesão na coxa esquerda, ficará quatro partidas fora.

Bruno Henrique foi o capitão do Palmeiras no último título brasileiro do clube, em 2018. Hoje na reserva, o meio-campista tem sido usado frequentemente como opção no segundo tempo e está à disposição para a estreia na edição de 2020, amanhã (12), contra o Fluminense, no Maracanã. Para o camisa 19, o Verdão entra novamente como um dos candidatos à conquista.

Quatro jogadores do Atlético-GO testaram positivo para o novo coronavírus e estão afastados do jogo contra o Flamengo, amanhã (12). O clube goiano, no entanto, argumenta que não se trata de casos ativos e por isso descarta o risco de um possível surto de covid-19 no elenco.

A pouco mais de 24 horas do início da partida entre Atlético-GO x Flamengo, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) notificou o clube goiano de que quatro de seus jogadores testaram positivo para covid-19. Walter Feldman, secretário-geral da CBF, minimizou a possibilidade da suspensão do jogo, marcado às 20h30 (de Brasília) de amanhã (12).

Depois de folgar na rodada estreia, o Bahia entra em campo pela primeira vez no Campeonato Brasileiro de 2020 na noite de amanhã (12), às 20h30 (de Brasília), para encarar o Coritiba em Pituaçu. O jogo é válido pela segunda rodada.

Red Bull Bragantino e Botafogo se enfrentam amanhã (12), às 19h15, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe da casa busca a primeira vitória, após o empate com o Santos. Já o time alvinegro vai estrear na competição, uma vez que o confronto com o Bahia teve de ser adiado devido à final do Campeonato Baiano.

Atlético-MG e Corinthians entram em campo amanhã (12), às 19h15 (de Brasília), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O jogo que ocorre no Mineirão marca a estreia do Timão na competição. Os paulistas não entraram em campo no fim de semana por causa da decisão do Estadual. O Galo faz a sua segunda partida no torneio.

Primeiro colocado da tabela do Campeonato Brasileiro após a primeira rodada, o Athletico Paranaense volta a campo na noite de amanhã (12) para receber o Goiás, time que acabou não estreando na competição depois de o jogo contra o São Paulo, em Goiânia, ser suspenso após testes positivos de Covid-19 no elenco esmeraldino.

As lesões de Matheus Ferraz e Digão às vésperas da estreia no Campeonato Brasileiro podem ter preocupado parte da torcida do Fluminense. No entanto, apesar da derrota por 1 a 0 contra o Grêmio, o substituto, Luccas Claro, deu conta do recado e saiu como um dos melhores do Tricolor carioca em campo. Pronto para a segunda partida como titular na competição, nesta quarta-feira, contra o Palmeiras, às 21h30, o jogador exaltou a oportunidade recebida e elogiou o parceiro de zaga Nino. “Aproveito como se fosse a única oportunidade. Não dá para adivinhar quando o momento irá chegar. Temos que estar preparados sempre. Estou feliz com a minha atuação e a do grupo. Acho que fizemos um grande jogo, por um pequeno detalhe acabamos não saindo com a vitória ou o empate. Mas a equipe se portou bem. O Grêmio atacou e é isso que vamos tentar fazer contra o Palmeiras, atacar o campo adversário, impor nosso jogo. Voltando para casa acho que temos tudo para fazer um bom jogo e vencer”, disse, em entrevista à “FluTV”. “É fácil e simples. Já estou adaptado com todos eles, que são grandes jogadores. Apesar do Nino ser o mais jovem, já tem muita experiência, teve um Brasileiro maravilhoso em 2019. É fácil, independentemente de quem joga. Quem ganha é o Fluminense. Falo isso desde a minha chegada, o importante é estar preparado para fazer o melhor quando o Odair escolher”, completou.

A 15ª Vara Cível de Curitiba aceitou o recurso da Globo e derrubou a liminar da Associação de Sócios do Athletico Paranaense, que dava ao clube o direito de transmitir em um sistema de pay-per-view próprio o jogo contra o Goiás, que será realizado amanhã (12), em Curitba. O recurso diz que, se a partida for exibida, o Fucarão terá que pagar uma multa de R$ 2 milhões.

Comentários