Membros de partidos de oposição ao governo de Jair Bolsonaro entraram hoje com uma ação no TCU contra a campanha publicitária sobre o pacote anticrime de Sergio Moro lançada nesta manhã, diz a Folha.

A representação é contra o próprio Bolsonaro e o secretário de Comunicação do governo,  Fábio Wajngarten.

Os deputados Paulo Teixeira, do PT, Orlando Silva, do PCdoB, e Marcelo Freixo, do PSOL, além do senador Randolfe Rodrigues, da Rede, assinam a petição.

Os parlamentares alegam que o pacote anticrime ainda é um projeto de lei, e não um programa do governo que justifique a publicidade. Eles também questionam o custo estimado de R$ 10 milhões das propagandas.

Comentários

Deixe uma resposta

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

entre para o Desafio 19 dias