O empresário Ricardo Mansur, ex-proprietário das Lojas Mappin, foi preso nesta 5ª feira (30.jan.2020) em São Paulo. Ele estava foragido desde 2011, quando foi condenado por crime de gestão temerária de instituição financeira –nesse caso, a Mappin Previdência Privada– e por gestão fraudulenta do Banco Crefisul, totalizando pena de 11 anos e 6 meses em regime semiaberto. As informações são do Estadão.

Depois de ser preso, Mansur passou por audiência de custódia na 6ª Vara Criminal Federal em São Paulo, nesta 6ª feira (31.jan). Na ocasião, o juiz Diego Paes Moreira autorizou o cumprimento de pena em prisão domiciliar.

Em 2011, quando foi condenado, o empresário foi apontado como responsável por esquema para a “inserção dos dados falsos na contabilidade da administradora de consórcio”. Segundo o juiz Marcelo Cavali, responsável pela sua sentença, ele “evitava assinar documentos com o intuito de evitar sua futura responsabilização criminal”.

close

🤞 Não perca nada!

Assine nossa newsletter e receba novidades e ofertas exclusivas!

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

Conheça o Desafio 19 dias!