Categorias
Cinema

Os 20 filmes mais imperdíveis de 2020

Após o sombrio Coringa, a DC vai voltar ao humor negro com a nova aventura da Arlequina de Margot Robbie, agora em uma trama ao lado de novas vigilantes de Gotham City. Além de estrelar, Robbie produz e trouxe um time de mulheres para trás das câmeras, prometendo pegar o que funcionou em Esquadrão Suicida e reinventar a personagem.

A Disney não tem sinais de parar seus remakes live-action! Porém, diferentemente de O Rei Leão ou A Dama e o Vagabundo, a nova versão de Mulan parece genuinamente interessante, com Niki Caro trazendo um tom épico e realista para uma das melhores animações do estúdio.

Após cinco anos longe das telas, o James Bond de Daniel Craig fará sua última aparição com o 25o filme da franquia de espionagem. Dessa vez, 007 enfrentará o misterioso vilão de Rami Malek, contando também com a estreia de Ana de Armas e Lashana Lynch como novas aliadas do protagonista. A direção fica por conta de Cary Fukunaga, da sensacional primeira temporada de True Detective.

Após encerrar a Saga do Infinito com Vingadores: Ultimato, a Marvel Studios retorna ao passado para finalmente dar à Scarlett Johansson um filme solo de sua Viúva Negra. A trama deve ser ambientada antes dos eventos de Vingadores: Guerra Infinita, explorando o passado da heroína e novos inimigos.

Após um spin-off protagonizado por Dwayne Johnson, a família furiosa de Vin Diesel retorna para seu nono capítulo nos cinemas. Nenhum detalhe da trama foi revelado (ou das cenas de ação), mas todo o elenco principal retorna, assim como o diretor Justin Lin. Há ainda rumores (bizarros) de que Paul Walker possa ser recriado digitalmente para o longa.

Após dominar as telas em 2017, a Mulher-Maravilha de Gal Gadot finalmente retornará para seu segundo filme solo. Sem estar presa à cronologia da DCEU, Patty Jenkins promete uma aventura surtada e fantasiosa na década de 80, trazendo Kristen Wiig como a Mulher-Leopardo e Pedro Pascal como Maxwell Lord, além de ressuscitar o Steve Trevor de Chris Pine de forma misteriosa.

Nos últimos anos, a Pixar tem apostado massivamente em continuações de grandes clássicos de seu catálogo. Mas o estúdio acerta mesmo ao trazer produções originais, e a premissa de Soul, que vai explorar versões animadas da alma humana, certamente traz ecos de Divertida Mente. Estamos muito, muito empolgados.

Após anos de vai-não-vai, Tom Cruise finalmente trará a continuação de Top Gun: Ases Indomáveis. A julgar pelo impressionante teaser trailer lançado na San Diego Comic-Con, as cenas aéreas serão de cair o queixo, enquanto o Maverick de Cruise é acompanhado por uma nova geração de nomes como Jon Hamm e Miles Teller.

Em uma era dominada por remakes e produções de outras marcas, é uma raridade ver a Disney apostando em novas franquias. Não é tecnicamente original, já que é baseada em uma atração de seus parques, mas Jungle Cruise promete uma aventura à moda antiga com Dwayne Johnson e Emily Blunt. O destaque, porém, está na direção, que marca a incursão de Jaume Colett-Serra (Águas Rasas) em blockbusters.

Christopher Nolan está de volta, e isso por si só já deveria deixar todos os cinéfilos empolgados. Um dos poucos nomes de Hollywood que pode literalmente fazer qualquer coisa na indústria, Nolan seguirá seu épico de guerra com uma misteriosa aventura de ficção científica que envolve espionagem e viagem no tempo. O elenco conta com John David Washington e Robert Pattinson, e é garantia de render muita discussão.

A Sony Pictures segue expandindo seu próprio universo de produções da Marvel com mais um vilão: Morbius, o Vampiro Vivo. Apostando no carisma de Jared Leto, o filme de Daniel Espinosa deve seguir um caminho de terror, mas também flertando com a proposta de anti-herói que deu certo (financeiramente) com o primeiro Venom. Mas ainda não sabemos nada sobre o filme…

A renascença de Keanu Reeves continua! Após estourar com John Wick e ter o quarto Matrix confirmado, o astro finalmente retorna para a continuação de um de seus papéis mais icônicos. Ele se reúne com Alex Winter para o tão sonhado Bill & Ted 3, que colocará os dois tentando escrever a música que enfim salvará o universo de uma catástrofe. Excelente!

Após se firmar como a franquia de terror mais popular da atualidade, Invocação do Mal retorna à sua “nave-mãe” para o terceiro caso protagonizado pelo casal Ed e Lorraine Warren. Michael Chaves substitui James Wan (que retorna como produtor) em uma história que deve envolver o julgamento de um homem que cometeu assassinato enquanto estava supostamente possuído. Ecos fortes de O Exorcismo de Emily Rose. Será que a trilogia se fecha com louvor sem Wan?

Ninguém poderia prever o sucesso quase bilionário de Venom no ano passado, e a Sony certamente correu para trazer Tom Hardy de volta. Agora, enfim teremos o vilão Carnificina nos cinemas, vivido por Woody Harrelson. O grande destaque, porém, é a escolha inusitada de Andy Serkis para dirigir o filme. O motion capture será fenomenal, com certeza.

O reboot de Halloween de 2018 realmente deu certo, afinal duas continuações foram confirmadas. Jamie Lee Curtis e praticamente toda a equipe do anterior (e do original de 1978) retornam, prometendo mais um embate sanguinário com o assassino Michael Myers.

A Fase 4 da Marvel Studios começa sua jornada para o desconhecido com a apresentação de um bizarro novo grupo de heróis: os Eternos. Descritos como deuses e seres milenares, os heróis ganharão as faces de Angelina Jolie, Richard Madden, Salma Hayek e o elenco mais diverso do MCU. Vai dar certo ou teremos mais uma aventura genérica?

Com estreia anteriormente prevista para março, a Warner adiou o confronto entre os dois grandes monstros do cinema para o fim do ano. Parece que muitos elementos serão alterados nos bastidores, mas os fãs ainda verão Godzilla e King Kong saindo na pancada para definir quem é o grande monstrão do cinema contemporâneo. Adam Wingard (Bruxa de Blair) dirige o filme.

Steven Spielberg é um dos grandes cineastas americanos de todos os tempos, e vai ousar refilmar aquele que é considerado o maior filme musical da História dos EUA. Contando com Ansel Elgort e a novata Rachel Zegler, a nova versão de Amor, Sublime Amor promete uma grande produção, uma correção histórica na etnia do elenco e, claro, John Williams brincando com os temas de Stephen Sondheim.

Depois de uma carreira impecável que conta com Os Suspeitos, A Chegada e o fabuloso Blade Runner 2049, vocês ainda duvidam de Denis Villeneuve? Seu próximo desafio é fazer justiça para um dos maiores clássicos da ficção científica de todos os tempos, contando com o elenco mais estelar dos últimos anos nessa investida – descrita como o “Star Wars para adultos”.

Longe das câmeras do cinema desde 2014, David Fincher retorna aos longas-metragens com um projeto promissor. Em parceria com a Netflix, o diretor vai contar os bastidores de Cidadão Kane, clássico de Orson Welles que é considerado o grande filme americano de todos os tempos, centrando-se na figura do roteirista Herman Mankiewicz – que será vivido por Gary Oldman.

Comentários