O Instituto Cultural Municipal recebe logo mais a partir das 20 horas um concerto especial da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa. A OSBM se apresenta ao lado de três grandes compositores austríacos, ícones da música mundial, apelidados como ‘Trindade Vienense’: Ludwig van Beethoven, Joseph Haydn e Wolfgang Amadeus Mozart. A apresentação tem entrada franca.

O concerto tem início com ‘As Criaturas de Prometheus – op. 43’, um balé composto por Beethoven em 1801, ainda na sua juventude, que mostra toda a força heroica deste compositor. A narrativa mitológica se baseia na história de como Prometheus teria roubado o fogo de Zeus e o ofertado aos mortais. Em seguida, a OSBM apresenta o ‘Concerto para Violoncelo em Ré Maior’, uma das obras mais conhecidas de Haydn, que raramente é executada no Brasil. E para encerrar a ‘Sinfonia nº36’ de Mozart, também conhecida como ‘Sinfonia Linz’, que ele escreveu quando estava de férias nesta cidade austríaca.

O solista da noite é Alexander Hülshoff que é considerado cada vez mais como um dos maiores violoncelistas da atualidade tendo atuado junto a várias orquestras como Enescu Philharmonic, German Radio Philharmonic e Czech Philharmonic of Brno. É diretor artístico do Orchesterzentrum e do Villa Musica.

A Orquestra fica sob a batuta de Daniel Guedes reconhecido como um dos principais músicos de sua geração, que vem atuando como violinista, violista, camerista, regente e professor. Venceu o Concurso Jovens Concertistas Brasileiros aos 13 anos, estudou na Guildhall School of Music, na classe de Detlef Hahn. Cursou bacharelado e mestrado na Manhattan School of Music de Nova York, na classe de Pinchas Zukerman e Patinka Kopec, no “Pinchas Zukerman Performance Program”. Posteriormente estudou regência com o próprio Zukerman e com Mika Eishcenholz. Como regente atuou frente à OSB, Sinfônica de Campinas, Sinfônica Nacional da UFF, entre outras.