Prepare os bolão e a listas de filmes para assistir, pois os indicados ao Oscar 2020 foram revelados e os vencedores serão anunciados no dia 9 de fevereiro.

Esta foi a primeira vez que a atriz Scarlett Johansson foi indicada ao Oscar. E a estreia foi em dose dupla: Johansson concorre como Melhor Atriz, por História de um Casamento, e como Melhor Atriz Coadjuvante, por Jojo Rabbit.

Responsável por incontáveis trilhas sonoras memoráveis do cinema (Jurassic Park, Tubarão e Indiana Jones, para citar apenas três), o compositor John Williams quebrou o próprio recorde ao ser indicado pela 52ª vez na categoria Melhor Trilha Sonora, por Star Wars: A Ascensão Skywalker. Até então, foram cinco conquistas.

Parasita é o primeiro filme da Coreia do Sul a ser indicado na categoria Melhor Filme. Com direção de Bong Joon-ho, o longa também foi indicado como Melhor Filme Internacional, Melhor Design de Produção, Melhor Montagem, Melhor Roteiro Original e Melhor Direção.

Coringa foi o filme que mais recebeu indicações ao Oscar 2020. Com 11 nomeações, o longa dirigido por Todd Phillips e estrelado por Joaquin Phoenix também se tornou a adaptação cinematográfica de uma história em quadrinhos que mais apareceu em uma edição do Oscar, superando Batman: O Cavaleiro das Trevas, que possui oito indicações.

Taika Waititi já havia sido indicado ao Oscar por Two Cars, One Night, curta-metragem que dirigiu e foi lançado em 2004. Desta vez, o cineasta concorre em duas das principais categorias com Jojo Rabbit: Melhor Filme e Melhor Roteiro Adaptado.

Com O Irlandês, Martin Scorsese recebeu a nona indicação na categoria Melhor Diretor. Antes, foi indicado por Touro Indomável (1980), A Última Tentação de Cristo (1988), Os Bons Companheiros (1990), Gangues de Nova York (2002), O Aviador (2004), Os Infiltrados (2006), A Invenção de Hugo Cabret (2011) e O Lobo de Wall Street (2013). A única vitória veio em 2007, por Os Infiltrados.

Quentin Tarantino já venceu dois Oscar de Melhor Roteiro Original, por Pulp Fiction (1994) e Django Livre (2012). Caso vença na mesma categoria por Era Uma Vez em… Hollywood, vai se igualar ao número de vitórias de Woody Allen — a diferença é que Allen já foi indicado 16 vezes, contra quatro de Tarantino. O cineasta, vale relembrar, jamais venceu em Melhor Filme ou Melhor Direção — até agora.

Pela primeira vez no Oscar, um serviço de streaming dominou o número de indicações. Com O Irlandês (10), História de um Casamento (6), Dois Papas (3), Klaus (1), Democracia em Vertigem (1), Perdi Meu Corpo (1), Indústria Americana (1) e A Vida em Mim (1), a plataforma soma 24 nomeações no Oscar 2020.

Facebook Comments