Uma pesquisa mostrou quantas calorias pessoas queimam durante várias atividades. Com base nesta pesquisa, você pode usar seu peso corporal para estimar quantas calorias você vai queimar durante os diferentes tipos de exercício, incluindo cardio e musculação.

Para a maioria das atividades, quanto mais você pesa, mais calorias queimará. Por exemplo, se você pesa 73 kg, queimará cerca de 250 calorias por 30 minutos de corrida em ritmo moderado. Se você fosse correr a um ritmo mais rápido de 9 quilômetros por hora, você queimaria em torno de 365 calorias em 30 minutos. Por outro lado, se você treinar musculação pela mesma quantidade de tempo, você pode queimar apenas cerca de 130 a 220 calorias. Em geral, você queimará mais calorias por sessão de cardio do que com musculação em um mesmo período.

Mas, embora um treino de musculação não queime tantas calorias quanto um treino cardio, ele tem outros benefícios importantes. O treinamento de musculação é mais eficaz do que o cardio na construção muscular e o músculo queima mais calorias em repouso do que alguns outros tecidos, incluindo a gordura — o que eleva a TMB que é a taxa metabólica basal, ou seja, a quantidade de calorias que o seu corpo gasta para sobreviver, sendo que cada pessoa possui uma quantidade específica para se manter.

Um estudo mensurou o metabolismo de repouso dos participantes durante 24 semanas de treinamento com pesos. Nos homens, o treinamento com pesos levou a um aumento de 9% no metabolismo de repouso ou cerca de 140 calorias por dia. Já os efeitos nas mulheres foram menores, com um aumento de quase 4% ou cerca de 50 calorias por dia.

Além disso, o treinamento com pesos também tem outros benefícios importantes. A pesquisa mostrou que você queima mais calorias nas horas após uma sessão de treinamento com pesos em comparação com um treino cardio. Pesquisas ainda mostram que o metabolismo em repouso permanece elevado por até 38 horas após o treinamento com pesos.

Isso significa que os benefícios de queima de calorias não se limitam a quando você está se exercitando. Você pode continuar queimando calorias por horas ou dias depois. Para a maioria dos exercícios, um treino mais intenso aumentará o número de calorias que você queima depois.

Embora cardio e musculação são dois dos exercícios mais populares, existem outras opções. Um deles é o treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT), que envolve períodos curtos com exercícios muito intensos alternando com períodos de recuperação de baixa intensidade. Normalmente, um treino HIIT dura cerca de 10 a 30 minutos.

Você pode usar o HIIT com uma variedade de exercícios diferentes, incluindo sprints, ciclismo, pular corda ou outros exercícios com peso corporal.

Um estudo comparou as calorias queimadas durante 30 minutos de HIIT, musculação, corrida e ciclismo. Os pesquisadores descobriram que o HIIT queimou 25 a 30% a mais de calorias do que as outras formas de exercício. No entanto, isso não significa que outros tipos de exercício não sejam bons para o emagrecimento.

A pesquisa analisou mais de 400 adultos com sobrepeso e obesos e mostrou que o HIIT e o cardio tradicional reduziram a gordura corporal e a circunferência da cintura a extensões semelhantes. Além disso, outras pesquisas mostraram que os exercícios no estilo HIIT podem queimar o mesmo número de calorias que o cardio tradicional, embora isso dependa da intensidade do exercício.

Assim, o treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) pode queimar calorias em um curto período de tempo. Algumas pesquisas mostram que pode queimar mais calorias do que pesos ou cardio. Em geral, ele pode produzir perda de peso semelhante ao cardio, mas com menos tempo gasto no exercício.

O treinamento com pesos leva um aumento da massa muscular e a uma diminuição na gordura — o que não significa que você vai perder peso na balança e sim emagrecer, ou seja, reduzir a composição de gordura corporal.

Um estudo realizado com adultos com sobrepeso e obesidade ajudou a colocar tudo em perspectiva em relação a exercícios e perda de peso. Os participantes foram divididos em três grupos de exercícios: cardio, musculação e cardio combinado com musculação.

Após oito meses, aqueles que fizeram cardio e cardio combinado com musculação perderam mais peso e gordura. Enquanto os grupos de musculação e cardio combinado com musculação ganharam mais músculos.

No geral, o grupo cardio combinado com musculação teve as melhores alterações na composição corporal. Eles perderam peso e gordura, enquanto também ganharam músculos. Isso significa que um programa que combina exercícios aeróbicos e pesos pode ser melhor para melhorar sua composição corporal.

Quando comparamos os grupos, percebemos que o gasto calórico, com relação a queima de gordura, foi maior nos dois grupos que realizaram treinamentos aeróbios. Porém, o grupo que só realizou exercícios de musculação, mostrou um aumento de massa magra, massa muscular. Estudos mostram que o aumento de massa muscular acelera o metabolismo e ajuda na redução de gordura.

Quando se olha a curto prazo, a ciência tem mostrado que o treinamento aeróbio é uma ótima maneira de perder um pouco de peso. Treinamentos cardio – especialmente sprints rápidos – podem ajudar a queimar gordura, diminuir o risco de doença cardiovascular e melhorar bem-estar psicológico. Mas, se a queima de gordura é algo que quero trabalhar por mais de tempo, levantar pesos é super importante, pois um aumento do músculo pode amplificar o metabolismo de gordura, além de aumentar a auto-estima, força e melhorar o sono.

Vale lembrar que a combinação dieta e exercício são essenciais para o sucesso a longo prazo. Uma revisão científica com mais de 400 pessoas, examinou os efeitos no emagrecimento na combinação dieta e exercício e os comparou com intervenções somente alimentares, sem exercício.

Os pesquisadores descobriram que a combinação de mudanças na dieta e exercícios levou a uma perda de peso 20% maior do que as mudanças somente na dieta após um período de 10 semanas a um ano. Além disso, os programas que incluíam dieta e exercício também foram mais eficazes do que apenas a dieta para manter a perda de peso após outro ano.

Vou compartilhar com vocês o que utilizo na minha prática profissional com base em estudos e análise de intervenções. O exercício aeróbico antes da musculação pode ser indicado para quem precisa melhorar a resistência física e a capacidade cardiopulmonar, reduzir de medidas de membros inferiores ou até mesmo como um simples aquecimento. Entenda os benefícios em algumas situações.

Há quem queira fortalecer o abdômen por estética ou por motivos de saúde, por isso, não podemos generalizar uma só execução como a mais eficaz.

Segundo dados da World Health Organization (WHO), em algum momento da sua vida ocorrerá algum episódio de dor de cabeça. Cerca de 80% da população sofre esse problema, mas somente 10 a 20% das pessoas procuram por ajuda médica. Um número muito baixo se você levar em consideração que a dor de cabeça é considerada um distúrbio incapacitante que diminui muito a qualidade de vida.

Os hábitos alimentares na infância desempenham importante papel na prevenção e no tratamento das doenças crônico-degenerativas não transmissíveis, as quais acometem crianças e adolescentes em fases cada vez mais precoces.

Você sabe o que é a frutose? Ela é uma molécula orgânica composta por carbono, hidrogênio e oxigênio, classificada como um monossacarídeo (açúcar) e está abundantemente presente nas frutas –daí a pergunta que intriga a todos: quem quer emagrecer pode comer frutas?

As bicicletas fazem cada vez mais parte do cenário das grandes cidades. Tem gente que pratica ciclismo e pedala frequentemente para treinar, tem gente que usa a bike como transporte e tem gente que anda de bicicleta nos finais de semana, para se divertir e ter uma vida mais ativa.

Quando falamos sobre treinamento funcional, logo vem à cabeça exercícios com diversos acessórios como fitball, pranchas de equilíbrios, cordas, escadinha de agilidades etc. Porém, saiba você que ele vai muito além disso, mais do que você imagina.

A dor nas costas é considerada um problema de saúde pública que pode afetar qualquer pessoa. Cerca de 80% das pessoas sofrerão ao menos um episódio de dor lombar em algum momento da vida.

Atualmente, muitos estudos elucidam o importante papel que o intestino apresenta na regulação metabólica e fisiológica do organismo humano.

Com exceção de quadros patológicos, como estresse intenso, síndrome do ovário policístico e doenças endócrinas, o nosso metabolismo é muito bem condicionado — ou não. Tudo depende de como leva a sua vida. Então, se você não tiver nenhuma patologia que influencie no metabolismo, não culpe o coitado por ser lento: você é responsável por ele estar assim.

Para começar esse debate, citarei o que existe na literatura científica. A última revisão de estudos encontrada, com o tema “Quais colchões são mais indicados para dor crônica nas costas e no pescoço”, foi publicada no The Lancet 2014 e afirma que faltam evidências para informar a população se existe uma melhor posição para dormir ou um melhor colchão.

Como já contei, o humorista Carioca (o Marvio) é meu marido e começou um programa de emagrecimento em minha clínica, que se chama 12 Semanas.

Incômodos no joelho são uma queixa muito comum. Pode ser uma dor ou até um desconforto na região interna dos joelhos ao subir ou descer escadas e ladeiras, ou simplesmente ao dobrar os joelhos ou levantar-se de uma cadeira.

As frutas são alimentos extremamente importantes e devem estar presentes na alimentação diariamente. Entretanto, existem pessoas que apresentam alergia a frutas. Sim, isso é possível de acontecer.

Algumas pessoas amam treinar e, se falarmos para elas que é importante um dia sem exercícios para o corpo descansar, esses indivíduos já têm um xilique. Mas saiba que seus músculos precisam de descanso para se fortalecer e crescer.

É sempre importante alertar sobre a obesidade. Afinal, ela é um problema de saúde pública crescente, que devemos ter atenção por ser multifatorial, crônico e levar a consequências preocupantes.

Está com preguiça de treinar? Vive Arranjando desculpas para não “mexer o corpo”? O que acha de inserir no seu cardápio um alimento que turbina o ânimo e aumenta a disposição geral?

A síndrome do músculo piriforme representa um subtipo de síndrome glútea profunda, que leva a uma neuropatia pela compressão do nervo ciático, devido a distúrbios relacionados ao músculo piriforme.

A aveia é uma importante fonte de carboidratos na alimentação do brasileiro. O cereal é reconhecido como um alimento funcional, estando associado a diversos benefícios para a saúde, principalmente pelo seu elevado teor de uma fibra chama beta-glucana.

Mesmo para quem tem a atividade física como parte consolidada da rotina, é normal ficar um tempo sem treinar em algum momento da vida –seja por uma viagem de férias, seja por uma gripe, seja por exigências profissionais.

Hoje e nos próximos dias, as prateleiras de muitos supermercados estarão repletas de ovos de chocolate com sabor e preços “irresistíveis”.

Desenvolver obesidade ou estar obeso é uma condição que vai muito além do que vemos. A composição corporal de gordura quando está elevada, mesmo a pessoa sendo aparentemente magra, pode refletir em uma condição de sobrepeso, obesidade ou obesidade muito elevada.

A lesão muscular é a maior queixa dos pacientes em consultas ortopédicas. Estima-se que de 30% a 50% de todas as lesões associadas ao esporte são causadas por lesões musculares. Uma aparente simples lesão muscular pode afastar um atleta dos treinamentos e competições, gerando prejuízo psicológico no atleta e na equipe.

A preocupação com o peso muitas vezes leva as pessoas a restringirem calorias no dia a dia. Assim, elas acabam eliminando da dieta aqueles alimentos com maior densidade energética, como os ricos em açúcar e gorduras.

Muita gente fala que sabe o que é “certo” e o que é “errado” comer. Então, por que diversas pessoas ainda fazem escolhas que não são legais e prejudicam o emagrecimento?

Conheço muita gente que não liga de comer os mesmos alimentos em suas refeições todos os dias e há anos repete esse cardápio fielmente. Mas será que não tem problema comer os mesmos alimentos sem variações dia após dia?

Uma pessoa pode querer tirar o ovo de suas receitas por diversas razões: por ser vegetariano, ser alérgico, por não gostar do alimento etc.

As lesões musculares estão entre as queixas mais comuns nos consultórios e podem ocorrer tanto em atletas como em não atletas. Estima-se que 30% a 50% de todas as lesões associadas ao esporte são musculares, a principal causa de incapacidade.

O alimento orgânico é aquele originado de um método de produção agrícola que não utiliza agrotóxicos e valoriza a sustentabilidade ambiental.

Como é difícil manter a constância na vida. É difícil acordar todos os dias feliz, empolgado e motivado. Mas saiba você que existem quatro substâncias químicas naturais em nosso corpo, apelidadas de o “quarteto da felicidade”, que podem tornar seu dia muito melhor: endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina.

Sempre bato aqui na tecla que você deve treinar e deve ter uma vida ativa. Às vezes, é muito difícil as pessoas entenderem que o corpo doente é reflexo de uma vida desregrada –com exceções de doenças vinculadas ao histórico familiar e genético.

Trigger Points ou pontos gatilho miofasciais (PGM) são pequenas áreas hipersensíveis, com aspecto de nódulo, localizadas em faixas mais endurecidas e palpáveis do músculo, que podem estar presentes em qualquer pessoa. Esses pontos podem causar dor local ou referida, espontaneamente ou sob estimulação mecânica, isso é, quando pressionados.

Já faz algum tempo que os 100 kg do Márvio Lúcio (o Carioca) me incomodam, por todos os problemas de saúde que o excesso de peso pode trazer. Mas a gota d’água para eu resolver esse situação foi quando meu marido decidiu mudar sua alimentação e criou um cardápio semanal para todos da casa.

Você já se perguntou o que são esses tais de alimentos funcionais que tanto falam? Nada mais são que alimentos ou ingredientes que produzem efeitos benéficos à saúde, além de exercerem as suas funções nutricionais básicas de ofertar nutrientes.

Muitos de vocês devem não saber, mas no início de agosto completarei dois anos sem consumir açúcar. Apesar de treinar desde meus 11 anos e focar sempre em uma alimentação variada e consciente, os doces me desestabilizavam ao ponto de comer uma lata de leite condensado por semana. Quando me dava vontade de açúcar ficava cega e simplesmente perdia o controle do que consumia.

Sempre pensamos em escolher o melhor tênis de corrida, a legging ideal, o shorts mais confortável, o top que taz maior segurança etc. Porém, ficamos tão focados nas roupas mais legais, no que há de novo, e muitas vezes antes de ir para a academia não damos atenção a uma peça simples, mas muito importante, na hora de treinar: a roupa íntima.

As oleaginosas são consideradas sementes comestíveis de plantas. Pertencem a este grupo nozes, amêndoa, avelã, castanha-de-caju, castanha-do-Pará, macadâmia e pistache. Esses alimentos são nutritivos e fornecem proteínas, gorduras insaturadas (mono e poli-insaturadas) e muitas vitaminas e minerais.

Eu escrevo todos os dias aqui para vocês e, muitas vezes, fico pensando em acontecimentos do dia a dia para abordar na minha coluna. Como sempre, meu filho de 10 anos com seus questionamentos eternos, pegou um pacote de pão de forma que tinha mofado, virou e perguntou: “Mamãe, por que o pão precisa do fungo para crescer e o fungo depois enche ele de mofo?”. Começamos a conversar sobre isso, pois ele estava tendo aula de cadeia alimentar. Enquanto isso, eu peguei aquele saco de pão mofado e joguei fora. E ele me perguntou: “Mas não é só tirar essa parte verde e comer?”.

Quase todo mundo já sentiu aquela dorzinha chata do lado do abdômen ao correr, praticar um esporte que envolve corrida –como futebol, basquete — e até ao nadar ou pedalar.

As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) -entre elas, doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, problemas respiratórialos e transtornos mentais — são a principal causa de mortalidade, representando 63% dos óbitos anuais.

Reduzir peso é o grande objetivo de muitas pessoas atualmente. O problema é que, para boa parte delas, fazer dieta parece ser chato e monótono, e as pessoas desistem após um período.

Se você pensa que emagrecer é difícil, saiba que manter-se magro o é um trabalho tão árduo quanto, não por acaso existe a expressão “efeito sanfona” para as mulheres e homens que vivem no “lenga-lenga” do engordar e emagrecer.

O envelhecimento gera uma série de modificações fisiológicas que se manifestam, principalmente, na perda da capacidade de adaptação e diminuição da funcionalidade do corpo.