Categorias
Notícias

Participante habitual da Copa do Brasil, Remo busca primeira campanha de destaque em 17 anos

Semifinalista da Copa do Brasil em 1991, o Remo tenta pela primeira vez desde 2003 ultrapassar a segunda rodada da competição. O Leão Azul venceu cinco dos seis jogos que disputou no ano, mas a derrota foi em um dos mais importante deles – o clássico contra o Paysandu, pela quarta rodada do Campeonato Paraense.

O Remo é o terceiro colocado no Estadual, com a mesma pontuação dos dois a sua frente, Paysandu e Castanhal. A desvantagem é no saldo de gols. O Leão venceu todos os seus cinco jogos no ano por um gol de diferença, três deles por 1 a 0.

Na primeira rodada da Copa do Brasil, a equipe paraense passou pelo Freipaulistano (SE) por 2 a 1, de virada. Fredson e Gustavo Ermel, ex-jogador de Figueirense e Tubarão, marcaram os gols no interior do Sergipe. Ronaell, ex-lateral do Brusque entre 2017 e 2018, também faz parte do elenco remista.

Desde 1989, quando a Copa do Brasil foi criada, o Remo só não disputou a competição em três oportunidades. A última campanha de destaque foi em 2003, quando foi derrotado nas oitavas de final contra o Flamengo.

O artilheiro da equipe é o atacante Jackson, com três gols no ano. O jovem técnico Rafael Jaques, terceiro colocado da Série D com o São José em 2018. O Remo é apenas o segundo time comandado pelo treinador de 44 anos, contratado no fim do ano passado para preparar o time para a temporada atual.

Jaques mudou as escalações do Remo para cada partida que o time disputou no ano. Na partida do sábado, 14, contra o Águia de Marabá, fora de casa, vários titulares foram poupados para o duelo contra o Brusque.

O presidente do clube, Fábio Bentes, prometeu uma gorda premiação para o grupo de jogadores, caso o Remo consiga eliminar o Brusque. O time paraense recebe R$ 1,5 milhão de premiação caso avance à terceira rodada.

“Sabemos que o Brusque é uma equipe muito qualificada e forte dentro de casa. Estamos trabalhando forte para não sermos surpreendidos. Vamos em busca da vitória, respeitando sempre o adversário. Não sabemos ainda com qual equipe o Rafael Jaques irá entrar, mas quem for, estará preparado e com certeza dará o máximo para conseguir a classificação”, garantiu.

Comentários