Nesta sexta-feira (11) Patrícia Pillar atualizou sua conta do Twitter para criticar o presidente da república Jair Bolsonaro (PSL). Em sua publicação, a atriz da Globo condenou o correligionário por posado com uma criança que vestia a farda da Polícia Militar e segurava na mão uma arma de brinquedo.  “Que mentalidade macabra é essa? Não reconheço este Brasil”, escreveu ela.

Quem também reagiu à imagem foi o ex-jornalista da Band Fabio Pannunzio. “O ditador Bolsonaro é um degenerado. Não tem a menor respeito pela infância. O Art. 242 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) tipifica a conduta abominável registrada nessa foto. É crime ‘Vender, fornecer (…) ou entregar a criança ou adolescente arma, munição ou explosivo: Pena: reclusão de 3 a 6 anos'”, disse o ex-jornalista da Band em apoio à publicação de Patrícia Pillar
.

Bolsonaro encontrou o garoto durante cerimônia de formatura de sargentos da PM de São Paulo. O evento foi realizado no Sambódromo do Anhembi. 

Que mentalidade macabra é essa? Não reconheço este Brasil. – Criança com farda da PM e arma de brinquedo na mão posa para fotos com Bolsonaro | São Paulo | G1 https://t.co/WYnUFrtgPI

O ditador Bolsonaro é um degenerado. Não tem a menor respeito pelas infância. O Art. 242 do ECA tipifica a conduta abominável registrada nessa foto. É crime”Vender, fornecer (…) ou entregar a criança ou adolescente arma, munição ou explosivo: Pena: reclusão de 3 a 6 anos”. pic.twitter.com/nkM7pZ1CQn