Nove suspeitos foram presos e uma fábrica clandestina de remédios para emagrecer fechada pela polícia civil de Goiás, em Cachoeira Alta, nesta quarta-feira (4).

Os criminosos vendiam os medicamentos pela internet, para todo o país. Os comprimidos estavam se popularizando entre internautas nos últimos meses.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou, por meio de nota, que “não há nenhum fabricante de medicamentos com autorização de funcionamento da Anvisa no município de Cachoeira Alta” e nenhum no Brasil registrado com os nomes usados pelos investigados nas embalagens.

A operação envolveu mais de 40 policiais. Alguns foram detidos em casa outros na própria fábrica. Não foi divulgado se a fábrica clandestina tinha algum nome de fachada para disfarçar a real produção.

Facebook Comments