Aposto que você, amante de Pokémon, leu cantando, não é mesmo? Pois, então, hoje vou revelar dez curiosidades dessa turma de “anti-heróis” que viviam usando sua genialidade para (tentar) capturar o Pikachu, bem ao estilo Coyote x Papa-Léguas, mas o protagonismo das personagens bonzinhos acabava desfavorecendo os vilões. Então, “prepare-se para encrenca, encrenca em dobro, ou renda-se agora!“.

Embora dispense apresentações, mas apenas por questões de protocolo (e educação), estamos falando da dupla Jessie e James, que forma um trio com o pokémon falante Meowth, da Equipe Rocket. Partindo disso, já parou para pensar que existem algumas informações secretas da Equipe Rocket? Há várias dúvidas no ar como: quem conserta o balão toda vez que ele estoura? De onde eles tiram tanta grana pra construir aquelas engenhocas robotizadas? Como se alimentam? E por aí vai… Essas e outras perguntas, vou relevar a partir de agora.

1 – Para começar, digo que a Equipe Rocket que conhecemos não é formada por três elementos, mas quatro! Isso mesmo. Ela tem uma quarta pessoa. Essa teoria tem uma explicação. O quarto elemento existe e se chama Mondo. Sabia? Mas não é bem o quarto elemento da turma. Mondo é o estagiário do time e por ser muito novo, tem funções básicas. Ele quem traz o dinheiro e a comida para os vilões, além de consertar o balão do trio (respondendo às perguntas que fiz acima).

Embora não seja tão explorado no desenho, Mondo teve uma única participação e nem foi no anime. Ele apareceu em um áudio drama que foi lançado no Japão. Já pensou se Mondo assumisse o lugar do Wobbuffet? Em relação ao nome, no mangá, há a revelação de que o nome Rocket é um anagrama que significa: “Raid On the City, Knock out, Evil Tusks”, que significa “Invadimos a cidade, fomos derrotados, capangas malvados”. Em português, seria mais ou menos a ideia de “chegam causando confusão, são derrotados, mas sempre voltam”.

2 – Outra dúvida é: quem é o cabeça por trás da Equipe Rocket? Quando se fala em chefe, automaticamente, nós, amantes de Pokémon, lembramos do Giovanni com seu impecável terno vermelho e seu belo Persian. Mas não se trata dele! Na verdade, o chefe é Takeshi Shudo (1949-2010), criador da turma de “malfeitores” da animação. Takeshi foi roteirista-chefe das três primeiras temporadas de Pokémon. Ele criou a Equipe Rocket como conhecemos no amine e, diferente dos jogos, trouxe uma turma mais cômica e que não está envolvida com algo sério. Takeshi declarou ser fã do trio e afirmou: “Sem a Equipe Rocket Pokémon não seria Pokémon”.

Mesmo com a morte de Shudo, em 2010, a essência da Equipe Rocket permaneceu, embora muitas mudanças tenham ocorrido de 1997 para cá… Os Rockets continuam atrapalhados, engraçados e obcecados pelo Pikachu. E nós adoramos, claro! Só para se ter uma ideia, Jessie foi inspirada na ex-namorada de Takeshi, no colegial, sendo uma mistura de vilã do anime Time Bokan (1975), a Majo. Mas, voltando ao desenho, há sim um líder superior ao Giovanni: Madamme Boss. A manda-chuva, porém, só apareceu no especial “The Birth of Mewtwo” (O Nascimento de Mewtwo), que foi um CD lançado junto com o DVD “Mewtwo Returns” (Mewtwo Contra-Ataca). A ex-líder da equipe passou seu posto para seu filho, Giovanni. Madamme odiava os pokémons e, por isso, não tinha nenhum. Controlava seus exércitos para capturar e leiloá-los em troca de dinheiro. Seu único desejo era pelo pokémon Mew por achar que, com ele, governaria o mundo. Embora contraditória por odiar monstrinhos, mas desejar o Mew, ela existiu.

3 – E os lemas da Equipe Rocket, lembra? Pois bem, abrimos este texto com as frases que fizeram parte de nossa infância diante da TV (até hoje fazem, vai!). Lemos cantando com as vozes de Jessie e James (e até a do Meowth). Mas o lema original, em japonês, é mais engraçado que o traduzido para o português, sabia? A diferença é que na versão japonesa o lema acaba tendo participações maiores nos contextos de cada episódio com piadas que acabaram de fora da dublagem para o português. Veja alguns lemas clássicos da trupe.

4 – Os nomes das personagens tiveram inspirações no mome de um famoso fora da lei do Velho Oeste dos Estados Unidos, que se chamava Jesse James, muito conhecido por ser um assaltante de bancos, trens e carruagens. O ladrão americano era, também, um impiedoso assassino. Na versão japonesa, os nomes da dupla – Mussashi (Jessie) e Kojiro (James) -, tiveram inspiração em dois famosos samurais: Miyamoto Musashi e Sasaki Kojiro. No Japão, esses samurais têm grande importância e ganharam estátuas como homenagem. Só por curiosidade, existe um filme chamado “O assassinato de Jesse James pelo covarde Robert Ford” com o ator Brad Pitt no papel principal.

5 – Várias personagens trocaram seus uniformes durante os episódios. Jessie e James já utilizaram outros uniformes diferentes do que conhecemos tão bem. A primeira vez que trocaram de uniforme foi em um episódio especial chamado “Dias de Treinamento”, em que apareciam como novatos na Academia da Equipe Rocket. Nesse episódio, Jessie e James se conheceram e formaram o trio atual, junto com Meowth.

Outro uniforme foi usado na saga “Pokémon Best Wishes” ou “Pokémon Preto e Branco” (“Black or White”) durante uma operação especial designada pelo Giovanni. Porém, após o confronto com a Equipe Plasma, a Rocket voltou ao modelo tradicional. Nos games, todavia, os membros da equipe usam uniformes similares aos do anime. A diferença fica por conta das cores, afinal, no jogo, a cor principal é o vermelho enquanto que no anime, é a rosa. Vale ressaltar, focando no desenho, que existem vários uniformes distintos do usado por Jessie e James que designam a posição dentro da corporação Rocket.

6 – Jessie e James só tiveram uma participação nos jogos da saga principal, em Pokémon Yellow. Ao contrário do desenho, a dupla não persegue o personagem principal e nem tenta roubar o Pikachu. Eles não fazem a linha cômicos e fracassados, mas guarda-costas do Giovanni.

7 – Além dos jogos de vídeo-game, a Equipe Rocket apareceu também nos card games. Houve duas coleções com a temática da equipe: uma, chamada de “Team Rocket”, lançada em 2000 que introduziu os pokémons “darks” no jogo; a outra, em 2004, foi a “Ex Team Rocket Returns”, em comemoração aos jogos pokémon “LeafGreen” e “FireRed”. Fora essas coleções, a Equipe apareceu em diversas cartas de outras coleções.

8 – Todos têm um rival, e Jessie e James também têm os seus. Embora participem da mesma equipe, os agentes Cassidy e Butch são grandes rivais dos nossos anti-heróis. Isso se dá pelo fato de um sabotar os planos do outro. Entretanto, Cassidy e Butch apareceram pela última vez no episódio 64 da saga “Diamante E Pérola”. Desde então, nunca foram mais citados no anime.

Outra curiosidade sobre a Equipe Rocket paralela, é que Cassidy e Butch tiveram seus nomes inspirado em outro assassino e ladrão de comboios, chamado Butch Cassidy. Robert LeRoy Parker, mais conhecido como Butch Cassidy (Beaver, 13 de abril de 1866 – San Vicente, 7 de novembro de 1908) foi um famoso bandido norte-americano, assaltante de comboios, e líder da quadrilha de foras-da-lei Hole in the Wall Gang. 

Existe, inclusive, um filme, de 1969, de título “Butch Cassidy and the Sundance Kid”, que narra as ações de dois amigos, que dão nome ao longa. O site Adoro Cinema traz a seguinte sinopse: “Dois amigos inseparáveis, Butch Cassidy (Paul Newman) e Sundance Kid (Robert Redford), lideram o Bando do Buraco na Parede e vivem de assaltar trens e bancos. Quando são caçados por todo o país resolvem ir para a Bolívia e juntamente com Etta (Katharine Ross), a namorada de Sundance, rumam para a América do Sul. Mas esta decisão não lhes proporcionará grandes assaltos ou uma vida mais tranquila”.

Voltando ao desenho, no Japão, Cassidy é chamada de Yamato, em referência a um navio japonês da Segunda Guerra Mundial. O nome do cowboy americano virou desenho pelas mãos de Hanna-Barbera. “Butch Cassidy, Butch Cassidy and the Sundance Kids”, no original, foi um desenho produzido pela Hanna-Barbera em 1973.

9 – Quem acha que o gênio por trás das criações da Equipe Rocket fosse o Clemont, está enganado. Em alguns episódios é deixado claro que o gênio que cria e desenvolve as geringonças da Equipe Rocket é o Meowth, que adora torrar o curto orçamento de Jessie e James com máquinas estranhas, mas sempre tem um destino trágico com explosões envolvendo a derrota para a turma do Pikachu.

Embora ande e fale como humano, e com uma mente diabólica para sequestrar o rato elétrico q qualquer custo em prol de uma promoção no emprego, Meowth coleciona, para Equipe Rocket, inúmeras medalhas de derrotas. Talvez, essa teoria do “gênio Meowth” não faça tanto sentido assim… Aproveitando, o Meowth foi uma criação baseada no símbolo de boa sorte no Japão. O gato falastrão foi inspirado no Maneki Neko, ou Gato da Sorte, que é estátua de gato que atrai boa sorte para os negócios.

Jessie teve os seguintes pokémons: Wobbuffet, Gourgeist, Seviper, Yanmega, Woobat, Frillish, Arbok, Lickitung, Dustox, totalizando nove pokemóns (descontando aqueles que foram temporários, como o Charizard, Delibird e o Shellder). E James, quantos teve? Você lembra? Vamos contar, depois de você relembrar os monstrinhos da Jessie, abaixo…

James, por sua vez, teve os seguintes pokémons: Weezing, Victreebel, Carnivine, Mime Jr., Cacnea, Amoonguss, Yamask, Inkay, totalizando oito pokémons (descontando pokémons temporários como o Growlithe, Chimecho, Aggron e Gyarados, que era um Magikarp).

Reuber Diirr é jornalista formado pela Universidade Federal do Espírito Santo com especialidade no entretenimento de TV. Atuante em sites sobre Televisão, Reuber já passou por emissoras como a Record News Espírito Santo e a TV Gazeta, afiliada da Globo no ES. Curioso e ligado em assuntos nostálgicos, Reuber trará temáticas que relembrarão os meandros da televisão brasileira na coluna “TV Nostalgia”, publicada aos domingos no RD1. Siga-o no Twitter, Instagram, Facebook, Snapchat e YouTube em @reuberdiirr.