Durante todo o dia desta quarta-feira (14), véspera de feriado estadual, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou, em Santarém, oeste do Pará, o “cinema rodoviário’’. Foram feitas abordagens aos condutores e passageiros para ministrar uma breve palestra e mostrar vídeos sobre educação no trânsito.

A ação visa educar sobre o trânsito, no sentido de levar mensagem às pessoas que trafegam pelas rodovias para que elas entendam que todas as prudências devem ser seguidas para evitar os acidentes.

De acordo com o chefe da delegacia da PRF, Sidmar Oliveira, as ações são realizadas nos períodos que antecedem feriados, pois é quando o fluxo na rodovia aumenta.

“Uma estatística comprova que o trânsito mata mais que arma de fogo, por isso essas ações são importantes para trabalharmos na conscientização das pessoas, porque a maioria dos acidentes acontecem devido às graves imprudências dos condutores”, ressaltou.

Condutores, passageiros de ônibus e veículos eram convidados a seguir para o posto que foi montado pelos policiais rodoviários federais para ministrar as palestras.

O motorista de ônibus Daniel Mota destacou a importância da ação para conscientizar tantos os condutores e os passageiros, porque muitos ainda têm resistência no uso do cinto de segurança.

“A gente pede para que os passageiros façam o uso do cinto, não somente por conta das infrações do trânsito, mas pela própria segurança. Fazer com que eles entendem a importância é bom para todos”, relatou Daniel Mota.

O policial rodoviário federal Rariel Dantas ressaltou que os condutores estão cometendo muitas imprudências no trânsito, e uma das mais graves é conduzir veículo estando embriagado, com estatísticas elevadas de acidentes com mortes.

“Nós atendemos esse ano muitas ocorrências de acidentes de trânsito e na maioria deles as vítimas foram a óbito, e a causa foi o motorista alcoolizado. Então estamos trabalhando na prevenção, mostrando estatísticas e flagras de acidentes no trânsito para que todos possam se conscientizar e nos ajudar nessa luta”, finalizou Rariel.

Facebook Comments