Em tal publicação, o cineasta responsável por Distrito 9 e Chappie revelou que não irá mais participar do projeto por questões de agenda. “Estou fora de Robocop. Estou trabalhando num terror e a MGM não quer, nem precisa esperar para filmar agora. Ansioso para ver o longa nos cinemas com outros fãs.”

Desenvolvido por anos, Robocop Returns será uma continuação direta de RoboCop – O Policial do Futuro (1987). Tal ideia foi escrita por Ed Neumeier e Michael Miner na época, mas nunca saiu do papel, dando lugar para RoboCop 2 (1989). Agora, Justin Rhodes (Exterminador do Futuro – Destino Sombrio) repagina esse script, enquanto os autores originais voltam como produtores executivos.

Dirigido por Paul Verhoeven, RoboCop girava ao redor de um policial à beira da morte que, graças à um experimento, se transforma em um novo tipo de ser vivo: metade homem, metade máquina. Após duas indicações ao Oscar, o filme ganhou duas sequências, sem a mesma repercussão. Em 2014, a MGM fez um reboot dirigido por José Padilha e protagonizado por Joel Kinnaman, mas também não engrenou.