Já pode separar o lencinho, porque a nova produção da cantora Sandy, no projeto “Nós, Voz, Eles”, está realmente emocionante. O convidado da vez foi ninguém mais, ninguém menos, do que seu próprio pai, Xororó, com quem fez a única regravação presente em todo o álbum.

“Eu nunca cantei com o meu pai e com o meu marido em um projeto meu, em um disco meu de estúdio. Já tive participações em show, já gravei com o Lucas no DVD da família Lima ao vivo, mas eu nunca gravei em estúdio com eles. E quando veio a ideia do projeto e falei ‘vou chamar meu pai, vou chamar o Lucas’. Eu só olhei para o Lucas, com aquele olhar de cumplicidade, e falei: ‘a gente já sabe que música vai ser do meu pai, né?’. Ele falou: ‘já, a gente já sabe!’”, contou a artista na websérie sobre o projeto.

A artista, que já recebeu outros nomes como Anavitória, Maria Gadú e Lucas Lima no projeto, explicou que a música da antiga dupla surgiu como um sinal do seu subconsciente e ao ficar por tantos dias ali, presente na sua mente e ganhando uma nova interpretação a cada vez que Sandy a cantava, não havia como não gravá-la.

“Os primeiros passos, o pai ensina para o filho. Só que chega um determinado momento da vida que você passa a aprender com os filhos. Cada música que ela me mostra, cada rascunho que ela gosta de me mostrar também, que ela está pensando, fazendo, sempre fico muito emocionado, como estou agora. Acho que o sucesso de um filho – já falei isso muitas vezes – é mais gostoso que o seu próprio sucesso”, explicou Xororó emocionado.

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.