4 dicas para ter mais saúde em 2021 – 28/12/2020

O ano novo está batendo na porta e nesse momento é uma prática comum das pessoas avaliar todos os feitos no ano que passou e fazer planos e resoluções para o ano que vem.

Mesmo que 2021 ainda venha com marcas das incertezas de uma pandemia, em que muitos se desmotivaram por não atingirem as metas propostas para 2020, criar resoluções e metas realistas que estejam dentro desse contexto delicado, é importante para atingir uma melhor qualidade de vida. Pois só de pensarmos no que desejamos e em como podemos ser pessoas melhores, já podemos ter esperanças para um ano melhor.

Quando falamos de resoluções de fim de ano, dentre elas, melhorar a área profissional, espiritual, conjugal, afetiva ou familiar (…), uma das metas mais comuns hoje em dia é a busca pelo emagrecimento, mais especificamente por um “corpo ideal”.

É importante lembrar que não existe esse tal corpo ou peso ideal, mas sim um estado em que estejamos bem com o nosso corpo, sem sermos reféns de padrões impostos socialmente ao corpo esbelto.

E que o peso corporal não seja uma prisão em que devemos seguir alguma regra numérica generalizada, mas apenas um peso que não tenhamos prejuízo com a nossa saúde e que sejamos capazes de realizar todas as funções que desejarmos sem nenhuma limitação, dentro de tudo o que nosso corpo pode nos proporcionar, desde se locomover para práticas do cotidiano, até uma boa noite de sono, onde não exista uma respiração comprometida por conta de um excesso de peso.

Sendo assim, emagrecer não é um problema. Muitas vezes o problema está relacionado as formas que as pessoas buscam para esse emagrecimento, em uma busca desenfreada para atingir o “corpo dos sonhos”.

Leia também  É possível emagrecer comendo gordura? Nutricionista afirma que na dieta cetogênica, sim

Dessa forma, é comum que as metas de início de ano acabem sendo irreais, com o foco apenas no número de peso que deve ser perdido. Isso torna o processo sem um proposito verdadeiro, pois tem mais influência do meio externo do que um sentimento genuíno que vem de dentro da pessoa que está buscando o emagrecimento.

Não vamos deixar a saúde física de lado, mas antes de tudo é importante lembrar da saúde mental, que é importantíssima para encarar um novo ano que vai ter resquícios de um período pandêmico. Se priorizarmos antes a saúde, o processo de emagrecimento vem como uma consequência, podendo até ser uma forma de melhorar a relação com a comida.

Tendo a mente fortalecida e os pensamentos organizados, conseguimos criar metas factíveis, sendo possível ver o progresso no planejamento. Assim, não perdemos o ânimo de seguir em frente com nossos planos de vida. Portanto, não existe receita pronta, mas formas de nos organizarmos com resoluções que estejam dentro do nosso alcance.

Com isso em mente podemos trazer algumas dicas que pode ajudar no processo de ter mais saúde, fazer melhores escolhas alimentares e, se for o caso, o emagrecimento vêm como resultado de um comportamento alimentar que esteja coerente com seus objetivos e que não gere nenhum sofrimento ou restrição severa na sua vida.

1 – Pensar a longo prazo

Isso ajuda a não se frustrar com metas irreais. Dessa forma podemos entender que todo o processo vai ter inicio, meio e fim. Enxergando com clareza é possível criar metas que possam ser realizadas em curto, médio e longo prazo. Isso torna o processo mais prazeroso e a chance de frustração e desistência é menor.

Leia também  Até na dieta! Família permanece unida e consegue emagrecer 90 kg em 10 meses

2 – Se envolver com o processo

Viver e apreciar cada pequena mudança no seu estilo de vida. Se você não tem o hábito de consumir frutas e vegetais, essa é uma boa hora para começar, e tudo bem se você começou apenas com uma fruta ou só com uma folha de alface no prato. É importante celebrar e valorizar todas as pequenas metas atingidas no seu processo. Isso evita comparações com outras pessoas e te mantém firme nos seus objetivos.

3 – Não deposite suas fichas em “Projetos Verão”

Projetos curtos são comuns no início de ano, com a proposta de perda de peso rápida com alguma estratégia muito restrita. Primeiro que a chance de o corpo recuperar o peso perdido é alta, pois o corpo entende que estamos em riscos e um tempo depois, ele faz de tudo para repor tudo o que foi perdido como uma forma de proteção.

Outro fator importante é que procurar ajuda de um profissional de saúde é uma coisa, mas virar refém de projetos que prometem resultados de forma aguda nunca vai resolver um problema individual que é da sua responsabilidade. O que nos leva para a próxima dica.

4 – Ter autorresponsabilidade

Trazemos o exemplo do sobrepeso e obesidade como uma questão multifatorial, então não se trata simplesmente de culpar o indivíduo pela situação em que se encontra, mas sim entender que existem fatores ambientais, genéticos, comportamentais, sociais e políticos que tiveram influência em seu ganho de peso.

É comprovado que emagrecer e ter saúde não se resume apenas a “fechar a boca” e criar vergonha na cara, mas muitas vezes é necessária uma intervenção multiprofissional e mais inclusão para resolvermos problemas relacionados ao ganho de peso.

Leia também  Comece emagrecer rápido com 3 receitas detox que ajudam a perder peso

Entretanto, é importante que os indivíduos com esse problema estejam dispostos a se envolverem com o processo de mudança e também a terem autorresponsabilidade com a saúde, não ignorando autoconhecimento e a real necessidade do emagrecimento.

Buscar uma pílula mágica ou um projeto verão de curto prazo não vai resolver a raiz do problema, pois este sempre vai estar sendo terceirizado para alguém resolver quando, na verdade, a primeira pessoa que pode fazer algo pela sua saúde é você.

Tente se lembrar dessas dicas e de pegar leve com você no ano que vem. Buscar saúde, emagrecer, se alimentar melhor tem a ver com auto cuidado e uma celebração ao seu corpo. Seja qual for o seu objetivo com a sua saúde para o ano que vem, tente se tratar com mais carinho e entenda que todo processo pode levar tempo, mas no final sempre vai valer a pena.

Feliz 2021