Mercado bilionário de gamificação chega nas academias

Mercado bilionário de gamificação chega nas academias

O mercado global de gamificação, que era de US$ 6,33 bilhões (R$ 30,13 bilhões) em 2019, tem projeção de crescimento para US$ 37 bilhões ((R$ 176,12 bilhões) até 2027, conforme indicativos apresentados pela Fortune Business Insights. O balanço prevê que as PMEs (Pequenas e Médias Empresas) devem investir em soluções gamificadas baseadas em nuvem, já que são mais acessíveis e oferecem funções avançadas, em relação a soluções locais.

Lucas Kern, diretor de marketing da BodyHiit Experience, explica que a gamificação (ou gamification, em inglês) é o uso de mecânicas e características de jogos para engajar e facilitar a experiência do usuário em situações reais, e pode ser utilizada em empresas de diversos segmentos do mercado.

“Em relação às academias de ginástica, especificamente, o mercado fitness sempre foi muito carente de tecnologia e inovação. Então, ter a oportunidade de levar mais tecnologia para esse setor nos deixa entusiasmados, com treinos mais intuitivos, dinâmicos e sem monotonia. É mais uma alternativa para atrair novos adeptos e mais uma forma de promover saúde e bem-estar”, afirma. 

Segundo estudo conduzido pela WW, em parceria com a Kantar, a maioria dos brasileiros pretende investir em uma vida mais saudável em 2022. A pesquisa revela que 91% dos indivíduos estão focados em manter ou melhorar sua saúde e bem-estar, ao passo em que, em outros países, o percentual é de 78%. A pesquisa entrevistou 14.506 pessoas, entre 18 e 69 anos, em 15 países.

Gamificação em academias tem piso touch e mais

Kern destaca que a gamificação já é uma realidade para algumas empresas do setor. “Na BodyHiit, por exemplo, temos o piso touch, uma tecnologia espanhola que envolve o sistema de LEDs e superfícies sensíveis ao contato. O piso é uma espécie de tapete tecnológico com interação gamificada, projetado para treinar força, velocidade, agilidade, mobilidade e potência, sendo adaptável a todos os públicos”.

O diretor de marketing da BodyHiit Experience acrescenta que o “piso mágico” possibilita mais de mil exercícios diferentes, com gasto de até mil calorias por aula, e funciona para gasto calórico e ganho de massa muscular. Neste piso, são desenvolvidas várias atividades e modalidades, nas quais os participantes realizam os exercícios esportivos reagindo a sinais visuais de iluminação com LEDs.

“O programa promove uma experiência interativa e motivacional. É um treino que desafia constantemente os usuários, mas cada um pode ir no seu ritmo. Com ele, os alunos conseguem atingir seus objetivos de forma rápida e divertida, por isso é mais efetivo que os treinos convencionais das academias”, afirma. 

Para concluir, Kern afirma que a BodyHiit Experience trouxe o formato de academia gamificada da Europa, com exclusividade para o Brasil, e Belo Horizonte é a primeira capital do país a receber a inovação. 

“Alguns times de futebol utilizam essa tecnologia para treinos de alta performance e desempenho, como Barcelona e Boca Juniors. Esperamos que a novidade contribua para que os brasileiros adotem, de fato, um estilo de vida pautado na busca de saúde e bem-estar”, diz.

Para mais informações, basta acessar: https://bodyhiitbrasil.com.br/

Facebook Comments

Quer ver sua notícia aqui também?

Publique gratuitamente no assuntando e ganhe mais relevância online!

ENVIAR MINHA NOTÍCIA