A TV Globo exibe o filme Histórias Cruzadas neste sábado (12/09), no Supercine. A produção deve ter bom desempenho de audiência, uma vez que foi bastante elogiada e até rendeu uma indicação ao Oscar para Viola Davis, intérprete de Aibileen Clark no longa. O que pouca gente sabe, no entanto, é que a atriz se arrepende do papel.

0

“Não há ninguém que não fique entretido com Histórias Cruzadas. Mas há uma parte de mim que parece ter me traído, e meu povo, porque eu estava em um filme que não estava pronto para [contar toda a verdade]”, disse a atriz à Vanity Fair em entrevista neste ano. Em 2018, ao New York Times, ela falou mais sobre a sua insatisfação com o trabalho.

“Já tive trabalhos dos quais me arrependi e Histórias Cruzadas está nessa lista. Mas não em termos de experiência e pessoas envolvidas, porque eles foram todos ótimos. As amizades que formei são daquelas que levarei para o resto da minha vida”, disse ela.

“Eu apenas senti que, ao fim do dia, não eram as vozes das empregadas que estavam sendo ouvidas. Eu conheço Aibileen. Eu conheço Minny. Elas eram minha avó. Elas eram a minha mãe”, continuou. “E eu sei que se você faz um filme assim a primeira coisa a fazer é ‘eu quero saber como era trabalhar para pessoas brancas e criar filhos em 1963’, ‘eu quero ouvir como você realmente sente sobre isso’. Eu nunca ouvi isso durante a produção do filme”, justificou.

Comentários