Que Ed Sheeran é um compositor incrível, todo mundo sabe. O cara tem o dom de transformar uma simples canção em algo especial e marcante na vida das pessoas. O senso pop aguçado pode ser conferido não apenas em seus próprios hits, mas também em outras vozes. Seja uma canção encomendada, uma parceria que gera uma grande amizade ou até mesmo uma composição esquecida no baú, o toque de Midas do ruivo não é novidade.

No início da carreira, vários amigos rappers do Reino Unido ganharam presentes em forma de música. Mas a mistura de folk, hip hop e soul foi definitivamente a força motora para esses hits. Mais recentemente, a girlband britânica Little Mix voltou aos holofotes com “Woman Like Me (ft. Nicki Minaj)”, que chegou ao topo do iTunes em 16 países e no Top 10 de 49 deles. Atualmente a música é a segunda mais comprada no iTunes Global, que faz um apanhado de todos os mercados que possuem a loja virtual da Apple.

.
Estamos falando de um dos maiores hitmakers, certo? Sheeran compôs “Say You Love Me” para Ware, que por sua vez gravou um clipe onde aparece com um vestido preto, descalça e sentada em uma pedra, com um fundo tropical. À medida que o vídeo vai se desenrolando, as luzes se apagam e focam na cantora. O vídeo tem quase 100 milhões de visualizações, tornando-o seu vídeo mais assistido. O single chegou à 22ª posição no Reino Unido, sua melhor colocação até o momento.

.
Escrita e interpretada pela cantora e compositora americana Taylor Swift e por Sheeran, a faixa foi extraída do quarto álbum de estúdio de Swift, Red. Produzida por Butch Walker, é uma balada que combina diversos gêneros pop e fala sobre “querer conhecer melhor um novo amante”. Marcou a primeira parceria da dupla, que voltou a compor junta em “End Game”. O single de 2012 atingiu o 7º lugar no Reino Unido e 32º nos EUA.

.
O segundo hit da boyband britânica One Direction a atingir o topo das paradas no Reino Unido (e 33º lugar nos EUA) foi composto por Sheeran com uma parceira de longo tempo, Fiona Bevan. O ruivo escreveu a canção quando tinha apenas 17 anos e encontrou a demo enquanto trabalhava com o quinteto anos depois. Posteriormente, o cantor deu à banda outras canções como “Over Again”, “18” e “Memories”.

.
O cara quando tem o dom, não tem jeito. Até mesmo uma composição esquecida foi capaz de virar hit nas mãos de outras pessoas. “É uma música esquisita que eu nem sabia que existia. Eu a escrevi parcialmente junto com outras coisas com Benny Blanco e depois eu recebi um e-mail do Diplo elogiando a música. ‘Posso tê-la?’, perguntou ele. E depois outro e-mail dizendo que Bieber queria cantar. Eu nem sabia do que ele estava falando. Quando a música se tornou número um eu disse ‘ahh, aquela música’. Lembro de tê-la feito, mas realmente foi uma coisa muito lenta”, contou Sheeran sobre o single número 1 no Reino Unido e número 2 nos EUA.

.
Poderia uma música que nunca veria a luz do dia tornar-se um dos maiores sucessos do ano? Foi o que aconteceu com “Love Yourself”. E o próprio Sheeran contou a história por trás deste hit de Justin Bieber, que atingiu o topo das paradas americanas e britânicas. “É uma música que eu escrevi para o Divide que apenas não entrou. Aí o Justin pegou e colocou seu toque nela, lançou como single e fez dela o que ela é hoje. Ir de uma música que nunca seria lançada para uma das maiores do ano passado… apenas mostra que você nunca deve descartar completamente as coisas”, disse o maior hitmaker da atualidade.

var googletag = googletag || {}; googletag.cmd = googletag.cmd || []; googletag.cmd.push(function() { googletag.defineSlot(‘/44518137/arrobapl’, [300, 250], ‘div-gpt-ad-1507061071969-0’).addService(googletag.pubads()); googletag.pubads().enableSingleRequest(); googletag.enableServices(); });